03/01/18

Zaldiar

Na farmácia pode encontrar imensa variedade de medicamentos para alivio das dores. Nem todos são iguais e devem ser classificados em função da intensidade da dor.

Os médicos prescrevem opiáceos nos casos específicos de dores realmente fortes, ultimamente tenho recebido muitas receitas com Zaldiar. Uma cliente perguntou me se podia aproveitar os comprimidos que iam sobrar depois de tratamento para outras ocasiões como por exemplo dor de cabeça. Poder pode mas não deve.

Zaldiar é uma associação de dois analgésicos, o paracetamol e o tramadol, que actuam em conjunto para aliviar a sua dor. Zaldiar está indicado na prevenção e no tratamento da dor moderada ou grave, de carácter agudo, subagudo ou crónico quando o seu médico recomendar. Nos casos como dores por cirurgia, dor do trabalho de parto, dor do enfarte agudo do miocárdio, dor traumática, dor provocada pelos cálculos renais ou dor oncológica.

Um comprimido revestido por película contém 37,5 mg de cloridrato de tramadol e 325 mg de paracetamol. Tramadol é um opiáceo que é usado principalmente como analgésico de acção central que alivia a dor actuando sobre células nervosas específicas da medula espinal e do cérebro. O tramadol combina-se com os receptores opiáceos do cérebro e bloqueia a transmissão de estímulos de dor.

Como Zaldiar tem efeito de acção central interage com vários outros medicamentos, por essa razão quanto menos tomar melhor. Também tem uma extensa lista de efeitos adversos. Não interfere com pílula contraceptiva.

O Tramadol está contra-indicado para grávidas, mulheres a amamentar e pacientes com epilepsia não controlada ou a fazer tratamento com inibidores da MAO. Além disso, também não deve ser utilizado em casos de intoxicações por álcool, hipnóticos, analgésicos ou opioides,

A dose inicial recomendada para adultos e adolescentes com mais de 12 anos de idade são 2 comprimidos, a não ser que o seu médico prescreva outra posologia. Não tome mais de 8 comprimidos revestidos por película de Zaldiar por dia.

Existem vários genéricos no mercado.

22/12/17

Pandel creme

Pandel é um medicamento que se apresenta na forma de pomada ou creme, destinado a uso cutâneo. Substancia activa é 1 mg de hidrocortisona, é um corticosteróide tópico de excelente eficácia e muito boa tolerância local e sistémica, mesmo quando usado continuamente por períodos prolongados.
Na farmácias temos muitos cremes a base de cortisona, Pandel é um deles e ultimamente tenho visto muitos médicos a prescrever. Cortisona em geral ajuda aliviar sintomas como prurido / comichão, vermelhidão e inchaço.  Depois da aplicação do creme não deve fechar a ferida com pensos, a não ser que o medico acha que seja necessário, dessa forma evita o excesso da absorção.

É utilizado em casos de:
  • dermatites eczematosas
  • eczema atópico e eczema de contacto
  • dermatites seborreicas
  • psoríase
  • picadas de insectos
  • liquen plano
O mais prescrito (também depende do problema) é o creme, que tem uma textura leve e não é gorduroso. Aplica-se 1 ou 2 vezes por dia. Duração da aplicação depende do medico, mas normalmente numa semana o problema resolve-se. Não use o creme durante muito tempo seguido.

Não há estudos de segurança no caso de gravidez ou amamentação. Apesar de ser indicado para adultos, há muitos pediatras a recomendar o seu uso, mas para curtos períodos do tempo.

Preço:

03/12/17

Pankreoflat

Pankreoflat  é um medicamento muito antigo e muito popular especialmente na população idosa. Faz parte dos medicamentos substitutos das enzimas digestivas.

Cada comprimido revestido contém 172 mg de pancreatina e 80 mg de dimeticone:

  • Pancreatina - é uma combinação de enzimas digestivas (proteínas). As 3 principais enzimas são a protease, amilase e a lípase.  Estas enzimas são normalmente produzidas pelo pâncreas e é importante na digestão de gorduras, proteínas e açúcares. Pancreatina é usada para substituir as enzimas digestivas quando o pâncreas não as produz em quantidade suficiente. A pancreatina normaliza a digestão removendo os processos fermentativos e de decomposição, causa mais frequente da formação patológica de gases.
  • Dimeticone - substância utilizada para combater a flatulência, é uma substância à base de silício. O silício destrói de maneira rápida e segura a espuma existente nos intestinos, possibilitando assim, a absorção dos gases patologicamente acumulados, pela mucosa intestinal. 

Indicações terapêuticas:
- Acumulação excessiva de gases abdominais de várias origens
- Dor devido a distensão abdominal e cólicas
- Sensação de enfartamento
- Preparação dos doentes para diagnóstico radiológico abdominal, renal e ósseo e para várias endoscopias digestivas.

Normalmente é bem tolerado sem efeitos adversos, raramente podem acontecer perturbações gastro-intestinais. O Pankreoflat  não deve ser administrado na pancreatite aguda, nem nas agudizações da
pancreatite crónica.

O efeito anti-espuma do dimeticone poderá ser negativamente afectado pela utilização concomitante de anti-ácidos (hidróxido de alumínio e carbonato de magnésio).

Pankreoflat não é absorvido no tracto gastro-intestinal. Pelo que não se espera toxicidade a
nível da reprodução ou sobre o desenvolvimento fetal ou neo-natal. No entanto, dado que não foram realizados estudos na mulher grávida ou lactante, deve-se ter cuidado especial aquando da administração do medicamento nestas circunstâncias.

Não interfere com pílula.

Posologia:1 a 2 comprimidos revestidos às 3 refeições ou quando sentir necessidade.
Na preparação dos doentes para exames abdominais, uma das importantes indicações, 3 comprimidos 3 vezes ao dia, nos dias que antecedem o exame e 2 comprimidos na manhã do exame, em jejum.

Preço: +/- 5 euros

28/11/17

Vacina da gripe provoca a gripe?

Chegou o frio e as noticias estão novamente a falar das urgências sobrelotados por causa da gripe.

Ao balcão muitas vezes oiço as pessoas a dizer: tomei a vacina e fiquei doente passado uns dias, a culpa é da vacina por isso não tomo mais. Infelizmente é um engano comum e tem se espalhado cada vez mais.

Não digo que toda a gente tem de tomar a vacina (este ano temos Influvac e Istivas), mas há grupos de risco que tem de tomar ou porque são mais frágeis ou porque lidam diariamente com pessoas em risco. Direcção-geral da Saúde apela à vacinação. 

Para comprovar isso vi hoje nas noticias e partilho aqui as opiniões de uma Pneumologista (Cecília Longo). Vacina serve para prevenir a gripe e as complicações, a aplicação deve ser feita em Outubro antes de chegar o frio e as doenças. A eficácia da vacina não é imediata, por isso convém vacinar-se logo enquanto esta bom tempo, para não correr o risco de já estar infectado.

O período da incubação da gripe são 3-5 dias, por essa razão se a pessoa ficou constipada depois de tomar vacina é porque provavelmente já estava a encubar o vírus. E também como já referi a vacina não é imediata, por isso se ficou doente foi uma coincidência.

É importante relembrar que a gripe não é tratada com antibióticos. Antibióticos matam bactérias, a gripe é um vírus. Muito pelo contrario ao tomar antibiótico sem necessidade pode baixar a sua imunidade ao matar as boas bactérias que nos temos e que nos mantém saudáveis.

A vacina só não deve ser tomada por alguém que tem alergia ao ovo, porque a vacina ainda é encubada em ovo de galinha.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...